segunda-feira, fevereiro 29, 2016

Marcelo Oliveira é a soma de Felipão + Muricy no Palmeiras; entenda!


Há sete anos, a Sociedade Esportiva Palmeiras contratou três técnicos de primeiro mundo: Muricy Ramalho, Luiz Felipe Scolari e Marcelo Oliveira, nomes que certamente todos os rivais gostariam de ver no comando de seus clubes, entretanto, parece que no Palmeiras essa coisa de técnico com estrela não vai muito bem.

A bola da vez é Marcelo Oliveira, técnico que conquistou dois brasileiros seguidos (2013 e 2014) no comando do Cruzeiro – digamos que atualmente o treinador vive na Sociedade Esportiva Palmeiras uma combinação de Felipão + Muricy. Por quê?

O lado Felipão está diretamente ligado ao desempenho e por ter conquistado o título da Copa do Brasil do ano passado. Até o momento, Marcelo Oliveira comandou a equipe em 50 jogos, ganhou 22 jogos, obteve 11 empates e 17 derrotas, ou seja, dispõe de um aproveitamento de 51,3% dos pontos disputados. Em sua última passagem, Luiz Felipe Scolari, obteve um aproveitamento de 52,5%.

Já a comparação com Muricy Ramalho está na questão de sua chegada vitoriosa ao clube com títulos brasileiros consecutivos e por não conseguir impor um padrão de jogo ou de não se encaixar na cultura do clube. O aproveitamento de Muricy no comando do Palmeiras foi um pouco pior. Obteve 49,1% dos pontos disputados.

Os números não mentem e a paciência do torcedor menos ainda. De duas uma: ou Marcelo Oliveira melhora o seu aproveitamento ou a sua cabeça pode ser decepada nos próximos dias.