sábado, maio 14, 2016

4 lições concluídas pelo Palmeiras na estreia do Brasileirão


Após a Sociedade Esportiva Palmeiras golear o Atlético Paranaense por 4 a 0 na estreia do Brasileirão no Allianz Parque, o blog listou quatro lições que o Verdão concluiu com sucesso nesta primeira rodada do torneio nacional.

1. Venceu e convenceu na estreia do Brasileirão

Vencer é sempre importante, mas jogar bem também. O Palmeiras não teve um único destaque nesta estreia. De modo geral todos foram bem. Claro que Gabriel Jesus foi decisivo mais uma vez, mas não foi o único. Os recém-contratados Roger Guedes e Tchê Tchê também merecem destaque especial. Não podemos nos esquecer do jovem Thiago Martins que fez o terceiro gol numa cabeçada com estilo.

2. O Palmeiras jogou compactado e com raça

Sabe-se que posse de bola nem sempre ganha jogo, mas no caso do Palmeiras a posse de bola foi de 61% e comprova o porquê dos 4 a 0 na estreia do Brasileirão. Precisa e eficiente.

3. Finalmente o Palmeiras teve um camisa 10 em campo

Cleiton Xavier foi o meia que todos os torcedores palmeirenses esperam desde a saída do chileno Valdivia. O camisa 10 trouxe qualidade e movimentação ao meio de campo. Pode-se dizer que ele fez a melhor partida dele após retornar ao Verdão. Além disso, Cleiton Xavier foi o jogador que mais fez assistências na partida que resultaram em gols.

4. Primeira lição rumo ao título prometido por Cuca foi cumprida

Desde que chegou o técnico do Palmeiras afirmou que o Palmeiras conquistará o Brasileirão. Hoje, foi dado o primeiro passo. Será importante para a torcida palmeirense apoiar cada vez mais e como motivação extra para os jogadores do Verdão. Faltam outras 37 lições para serem cumpridas.

Após o Palmeiras golear o Atlético-PR na estreia do Brasileirão o próximo adversário será a Ponte Preta, fora de casa, sábado que vem (21/5), às 16h, (horário de Brasília) em jogo válido pela segunda rodada do torneio nacional.