segunda-feira, maio 09, 2016

Santos atuou como pequeno, mas venceu como grande


Ninguém entendeu nada quando o jogo entre Santos X Osasco Audax começou. Todos achavam que seria ao contrário. Santos na frente e aquela pressão total para cima do Osasco Audax, mas não foi isso que aconteceu. O time da Vila ficou atrás praticamente o jogo inteiro e o time de Osasco fez jus ao seu nome e foi audacioso, mas faltou pontaria.

O time comandado por Dorival Júnior jogou a decisão como clube pequeno. Fechou a casinha e apostou no erro do adversário e no fim a aposta de Dorival Júnior apareceu e deu certo.

Por sua vez, o time de Osasco fez totalmente ao contrário, jogou como grande, mas pecou como pequeno. Se aquela bola de Tchê Tchê entrasse a história poderia ser outra. E quem não faz toma. É a regra do futebol.

Claro que se analisarmos friamente, o time de Osasco merecia sem dúvidas a vitória e consequentemente o título paulista, mas no futebol a camisa e experiência também pesam e como pesaram nessa incrível decisão. O futebol não é justo e nunca será. Se fosse, daria Osasco Audax.  Esse é o barato da nossa paixão nacional.

Ricardo Oliveira e Renato mostraram mais uma vez que a idade não significa nada. Basta ter competência técnica. Saber estar no lugar certo e na hora exata.

Parabéns ao Santos Futebol Clube e também para o audacioso, Osasco Audax que fez uma belíssima campanha.